06/05/2022

CÂMARA APROVA OBRIGATORIEDADE DO TESTE DO CORAÇÃOZINHO

A Câmara aprovou, na sessão desta quinta (28/04), projeto de lei que torna obrigatório o teste de oximetria de pulso, mais conhecido como Teste do Coraçãozinho. A autoria do projeto, aprovado por unanimidade em segunda discussão, é da vereadora Telma de Souza (PT).

O projeto de lei segue, agora, para a sanção do Executivo para que se torne lei. Pelo texto aprovado, o Teste do Coraçãozinho será obrigatório nas primeiras 24 horas de vida em todos os recém-nascidos nas redes pública e privada de Santos.

“O Teste pode salvar vidas”, ressalta Telma de Souza, que é presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Santos. Ao justificar o seu projeto de lei, a vereadora explicou que muitos óbitos de recém-nascidos poderiam ser evitados caso problemas cardíacos congênitos fossem identificados precocemente. “Com o Teste do Coraçãozinho, que identifica a saturação dos bebês a partir dos níveis de oxigênio, pode-se fazer os encaminhamentos necessários com rapidez”

 De baixo custo, o teste utiliza um aparelho chamado oxímetro, não é invasivo e é indolor. Pode ser realizado por profissional de Enfermagem, que mede os níveis de oxigênio primeiramente na mão direita e, depois, em um dos pés do recém-nascido. Se a saturação estiver abaixo de 95%, a criança não poderá receber alta e ficará em observação e passará por exames prescritos pelo médico para diagnosticar, ou não, cardiopatias.

Leia também

CÂMARA APROVA OBRIGATORIEDADE DO TESTE DO CORAÇÃOZINHO

Ver mais

TELMA PROMOVE AUDIÊNCIA SOBRE JORNADA DE 30 HORAS SEMANAIS PARA A ENFERMAGEM

Ver mais

BANCO DE ALIMENTOS DE SANTOS PROPOSTO POR TELMA AVANÇA NA CÂMARA DE SANTOS

Ver mais