Últimas Notícias

03/03/2018

FALTA DE MANUTENÇÃO DAS COMPORTAS É QUESTIONADA POR TELMA


A falta de planejamento e ação da Prefeitura de Santos quanto à manutenção das comportas dos canais é criticada pela vereadora Telma de Souza, que, durante sua gestão como prefeita, promoveu a recuperação de todo esse sistema. Para a parlamentar, a situação atual das comportas, além de propiciar alagamentos na Cidade, demonstra que a prática da Administração é sucatear as estruturas existentes para, depois, gastar com novas.

“É claramente falta de gestão. A ausência de manutenção adequada das comportas colaborou para que a Cidade tenha ficado embaixo d’água em pleno Carnaval, repleta de turistas, desde as zonas Leste, Central e Intermediária de Santos”, aponta a vereadora.

No atual sistema de comportas – adquirido já usado há cerca de 15 anos e com cerca de 40 anos de uso, pelo mesmo grupo político do governo municipal -, há aparelhos que já não funcionam parcial ou totalmente, como confirmado pelo próprio prefeito em troca de mensagens no Facebook.

Há oito anos, gastou-se meio milhão de reais para trocar o sistema de comunicação para acionamento das comportas, de rádio-frequência para telefonia celular. Contudo, surpreende que, novamente, ainda esteja em funcionamento a rádio-frequência.

Não bastasse isso, em 2016, a Prefeitura de Santos já anunciava a troca das 13 comportas do sistema, por R$ 2 milhões, o que deveria estar concluído no início deste ano, mas não aconteceu. Agora, outra vez, se anuncia um novo sistema, porém somente para substituição de 10 comportas, por R$ 2,4 milhões, para entrar em funcionamento em um ano. “Até lá, a Cidade continuará debaixo d´água por pura ausência de planejamento?”, questiona Telma.

Foto: Diário do Litoral