Artigos

DIA DA MULHER É TODO DIA

Publicado em 08/03/2014, por Telma de Souza é Procuradora Especial da Mulher em São Paulo, deputada estadual e ex-prefeita de Santos.

Há pouco mais de dois anos, em dezembro de 2011, a Assembleia Legislativa de São Paulo dava um passo fundamental para a garantia e promoção dos direitos da mulher, com a criação da Procuradoria Especial da Mulher no Estado. Em março de 2012, tive a honra de ser indicada pela Presidência da Casa para assumir o órgão e, desde então, dedico-me com afinco à defesa da bandeira da Mulher.
 
Mesmo ainda sem estrutura física para funcionar, a Procuradoria Especial da Mulher tem se expandido e fomentando políticas por meio do mandato que exerço na Assembleia Legislativa. Um de nossos maiores êxitos até o momento tem sido a disseminação de sua concepção, por meio da criação de Procuradorias Municipais, no âmbito das Câmaras de Vereadores, uma grata realidade que cresce a cada dia. Todas elas são frutos de esforços suprapartidários, sob o comando de mulheres e, também, por um homem.
 
Já são oito as Procuradorias criadas nas Câmaras Municipais até o momento: A primeira foi em Itanhaém, na Baixada Santista. Logo em seguida vieram as de Peruíbe, Praia Grande, Pindamonhangaba, Limeira, Guarulhos e, as mais recentes, em Araraquara e Ibiúna.
 
Seguiremos na luta pela difusão dos conceitos da Procuradoria. Para tal, foram cruciais os inúmeros eventos realizados nestes dois anos, com destaque para o ‘I Seminário Estadual da Procuradoria da Mulher’, em setembro de 2013.
 
O próximo passo será a organização do curso de ‘Gênero e Atuação Legislativa’, pela Procuradoria Especial da Mulher em São Paulo, em parceria com a Procuradoria da Mulher da Câmara dos Deputados e Banco Mundial.
 
O curso é voltado ao corpo técnico e político de Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais, uma vez que a organização de campanhas de promoção e garantia dos direitos femininos é foco prioritário do trabalho desenvolvido pelas Procuradorias, bem como a fiscalização e a defesa da inclusão do tema nas políticas desenvolvidas pelo Poder Executivo nas três esferas de governo.
 
Elaborada em uma plataforma de ensino à distância, a programação terá o objetivo de sensibilizar e capacitar os atores políticos para os temas de gênero e direitos das mulheres, bem como discutir os impactos que as desigualdades entre mulheres e homens podem ter sobre as políticas públicas.
 
Essa não é uma luta apenas das mulheres, e nem para ser exercida, somente, no Dia Internacional da Mulher. É uma luta perene, em prol de uma sociedade com cidadania plena, mais justa, pujante e plenamente democrática.

(Artigo publicado no Diário do Litoral em 8 de Março de 2014)

Fonte: Telma de Souza é Procuradora Especial da Mulher em São Paulo, deputada estadual e ex-prefeita de Santos